O Radiohead, os Strokes, o Vaccines, o LCD Soundystem (e quem vai na faixa amanhã na festona, em Sampa) e o… Decemberists!

 O americano Decemberists: bandaça folk que acabou de lançar seu novo álbumVamos botar essa porra pra funcionar?Bamos! Zap’n’roll está dando um rolê relâmpago pelas montanhas de Minas Gerais (resolvendo questões familiares), onde está desde ontem. E já retorna a Sampalândia na madrugada desta sexta-feira, pois amanhã rola o imperdível festival No Mondays lá no anexo do clube Pachá, com a banda do filho do Mick Jagger, mais o LCD Soundsystem em clima de despedida (o grupo encerra atividades mês que vem em Nova York), mais o blog e você também, claaaaaro – dá uma lida aí embaixo e confere se seu nominho é um dos dois felizardos que vão na esbórnia na faixa, sempre graças ao blogão de cultura pop campeão em promos bacanas, hehe.  Enfim, por conta da viagem rápida, este post também é rápido e rasteiro, quase telegráfico (isso existe ainda, em tempos de email, twitter etc?). Bora então, ver o que sucede…——————–* Entonces: Zap’n’roll estará presente no Lollapalooza Chile, em abril, através dos correspondentes Laís Eiras (uma delícia cremosa mineira, jornalista de mão cheia, gataça para 400 talheres, rocker até a medula e amigona zapper há anos) e Phillipe Britto. A cobertura deles vai ser fodona, podem aguardar.* The National, que toca no Lolla, cai depois em Sampa, com show no Citibank Hall dia 5 de abril. Imperdível, claro.The National: de volta ao Brasil, pra gig dia 5 de abril em Sampa* E ela, a xoxota mais louca e tesuda da Inglaterra, está entre nós. Quem? Miss Kate Moss, óbvio, quem mais? Em visita ao Brasil para fazer campanhas publicitárias, a super top que continua um mega tesão em seus enxutaços 35 anos de idade, periga aparecer amanhã no festival No Mondays. Já pensou? Já???* Agora, vai vendo: enquanto o mundo aguarda em suspense os novos discaços do Radiohead, dos Strokes e, vá lá, a estréia do inglês Vaccines, eis que, na miúda, os Decemberists lançaram seu novo álbum há quase um mês, e pouca gente comentou até agora. Quem deu a dica foram os brothers Sérgio Martins (o homem da música na Veja) e Léo Rocha (que escreve um dos melhores blogs sobre cultura pop por aqui, o Merchede).* O quinteto, surgido em Portland, nos EUA, em 2000, já é um veterano na indie scene americana e possui seis discos lançados. Mas nem por isso é muito conhecido por lá. Aqui então, é um ilustre desconhecido, apesar de que o álbum “Picaresque”, editado em 2005, chegou a ganhar edição brasileira, através de um selo indie brazuca (o blog não se recorda qual agora, embora na  época tenha feito a resenha do cd na ainda coluna Zap’n’roll). Enfim, navegando nas ambiências sempre sublimes do folk rock, os Decemberists engendram canções de melodias belíssimas, onde não faltam intervenções de órgãos, pianos, gaitas e violinos, tudo combinado com guitarras que dão às músicas a levada rocker necessária para não tornar o folk professado pelo grupo ortodoxo demais.A capa do novo álbum dos Decemberists* Sérgio Matins viu o show da banda mês passado, em Nova York, e disse que foi sensacional. O primeiro single do novo álbum (“The King Is Dead”) se chama “Down By The Water” e pode ser ouvido aí embaixo:* E o blogão, assim que voltar das Minas Gerais e ouvir o disco com mais calma, volta a falar dele por aqui, certo mano?* E neste sábado, claro, o mundo aguarda o lançamento na web de “The King Of  Limbs”, o novo do amado Radiohead e que sai no mesmo esquema do anterior, “In Rainbows”. Ou seja: primeiro, disponível para venda na internet; na sequência, em maio, ele chega às lojas na versão física do velhusco cd. Vem cá: foi só o blog que achou ou você também considerou o título e a capa do novo trabalho da turma de Thom Yorke, um tanto quanto… tenebroso? Brrrrr…Fala sério: a capa do novo Radiohead mete medo, no?* E em março teremos o novo dos Strokes e o primeiro do Vaccines. Temporada animada, no?——————–A NOITE FORA DO EIXO NO STUDIOSPTambém foi ela, em si, beeeeem animada. Rolou na última terça-feira em Sampa e quase lotou o espaço localizado no baixo Augusta. O zapper blogger esteve por lá e, admite, se divertiu a valer, além de reatar “relações diplomáticas” com o povo da Abrafin e do Circuito Fora Do Eixo, que estava em peso no local – e a humanidade indie também marcou presença, com integrantes dos Los Porongas, Cachorro Grande, Vanguart, Daniel Belleza, O Sonso, Jardim Das Horas etc, etc, etc, circulando por lá.Os shows foram animadões: os pernambucanos do Cabruêra fizeram seu bailão rocker com ritmos nordestinos e colocaram todo mundo pra pular. A ótima supresa da noite foi o argentino Tremor, com guitarras, percussão, programações eletrônicas e nenhum vocal. Fechando tudo o Black Drawing Chalks comprovou mais uma vez o que blog pensa deles há séculos: a banda rende muito mais ao vivo do que em estúdio.Nos pics abaixo, alguns momentos da balada rocker. E o blog saiu de lá às quatro da matina contente com o que viu/ouviu, além de ter a promessa da amigona Karla Matins (a poderosa “chefona” do festival Varadouro) de que estas linhas rockers bloggers voltam ao Acre este ano. “Finatti, você é o jornalista mais foda quando se trata de cobrir a cena independente nacional. Então você vai voltar ao Varadouro este ano”, disse a produtora do festival acriano. Ok Karla, a firma agradece, hehe.PICS DA BALADA FORA DO EIXO NA ÚLTIMA TERÇA-FEIRA, EM SAMPAA festona do Fora do Eixo teve shows bacanas do Cabruêra, do argentino Tremor, do Black Drawing Chalks e a presença de Zap’n’roll, claaaaaro (na foto, junto com as produtoras Marielle Ramirez e Karla Martins)O BLOG ZAPPER INDICA* Disco: “The King Is Dead”, o novo dos Decemberists.* Festa imperdivel: o festival No Mondays, com LCD Soundsystem e os caralho, rola amanhã no anexo Pachá, em São Paulo. Não comprou ingresso ainda? Então corre atrás, que tá acabando!* Baladas: hoje, quinta, é noite de Generation X,. com o dj Márcio Custódio, lá no DJ Club (na alameda Franca, esquina com a rua Pamplona, nos Jardins, zona sul de Sampa).///Amanhã, sextona, tem a festa Dance To The Underground no Inferno (rua Augusta, 501, centrão rocker de Sampa).///E no sábado, também no Inferno, rola mais uma edição da Pop&Wave, só com anos 80’ e que está se tornando uma das festas mais bombadas do bar do baixo Augusta. Vai lá!LCD SOUNDSYSTEM – QUEM VAI!!!Entonces, foram mais de duzentos pedidos desesperados via e-mail. Mas apenas dois sortudos vão amanhã, por conta do blog, ao festival No Mondays, cuja atração principal, óbvio, é o LCD Soundsystem. Assim, o blog espera encontrar por lá:* André Sanches e Gabrielle Ribeiro, ambos de São Paulo/SP.Certo, povo? Então é isso. Fiquem de olho na área que semana que vem: começa a batalha por tickets pro show do Human League, dia 6 de abril na Via Funchal. Uia!E POR ENQUANTO…É isso. Blog volta nesta madrugada pra Sampalândia. E semana que vem voltamos na área, sempre com muuuuuito mais, ok? Beijos na galere!(enviado por Finatti às 18:30hs.)Zap’n’roll no Twitter: www.twitter.com/zapnrollfinatti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*